"Contos eróticos... e algumas crônicas"




"Ele envolveu meus seios com as mãos. Por longos 
segundos ficou passando os polegares sobre os bicos, excitando-os com os dedos e com a renda do meu sutiã. Enquanto me excitava, me observava atento, me vendo contorcer o corpo, morder os lábios, arquejar...
Inclinou-se sobre mim. Beijou carinhosamente os meus seios, na parte exposta pelo decote do sutiã. Os mesmos beijos molhados, macios e longos. Devagar, afastou a peça para o lado e passou a língua por sobre os bicos. Gostou de vê-los eriçarem. Gostou tanto que encostou o rosto barbeado sobre eles e os acarinhou com a própria pele. Depois, abocanhou meu mamilo. Mamou em mim afetuosamente, sem pressa, sugando meu seio com energia, mas também com delicadeza.
Enterrei minhas mãos em seus cabelos. Outra carícia à parte: em meus dedos e em meu próprio olfato. Cabelos rigorosamente limpos. Impressionantemente macios. A bem da verdade, aquele homem, inteiro, era uma delícia: gosto, cheiro, toque.... "

(O homem perfeito, p. 15).



Comentários